Terça-feira, 6 de Abril de 2010

Sigam as placas com o homenzinho branco

Sendo o último post o último, e de forma a manter a coerência existente na minha pessoa, este post é, obrigatoriamente, o penúltimo.


Como é que fazes isso? - Perguntam vocês.

 

Simples. - Respondo eu.

 

Porque posso.

 

Deixando-me de devaneios parvos dirijo-me de imediato à porta de saída e coloco um ponto final no que foi este pseudo namoro com o Sapo.

Como em qualquer relação, se não nos damos bem, é lógico que não podemos seguir juntos para a vida.

 

Vou voltar para onde tudo começou. Não literalmente porque esse inicio está bem escondido.

 

Podem-me encontrar aqui --> Cenas e Coisas, ao vosso dispor.

 

E dentro muito em breve, podem-me encontrar também aqui. Ainda não tem nome mas há-de ter, se deus o nosso senhor assim o quiser.

 

E COMO SOU UM ESQUECIDO, FALTA REFERIR O MELHOR LOCAL PARA RIR DO MUNDO ---> BANDEIRAS DESPREGADAS E TODO O SEU BRILHO E ESPLENDOR!!

 

Desculpa Sapo, o problema não és tu... sou eu.

publicado por Fausto às 20:56
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Quinta-feira, 1 de Abril de 2010

Ronca prái, Sapo, que eu vou para o outro lado da cerca onde a erva é mais verde

Aviso à navegação.

 

O Sapo resolveu expulsar-me da sala de aula com falta escrita a vermelho.


Posto isto, resolvi mudar de escola e voltar a frequentar o blogger.

 

Isto tudo, porque, com as mudanças do dashboard e invenções novas que se lembraram de implementar, não consigo escrever os posts da maneira que quero.

Para além de perder N tempo a fazer pré-visualizar, agora também não consigo por imagens de uma maneira fácil e intuitiva.

Antes isso só acontecia com videos do youtube, agora, que levaram isso um pouco mais além, conseguiram que eu pedi-se a mudança de estabelecimento.

 

Só espero que isto seja minimamente avançado e dê para reencaminhar a malta para outro URL.

 

Assim sendo, este post passa a servir como último nesta plataforma.

 

De muitos paradeiros que já tive, este é o único de onde saio em litígio.

publicado por Fausto às 09:54
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Quarta-feira, 31 de Março de 2010

Queriam matá-lo mas ele não deixou

O Tim mais o Rui Veloso andam para aí com uma música a dizer que queriam fazer uma série de coisas mas que não os deixaram. Acho que aconteceu qualquer coisa desse género com o meu chefe.

Vai daí, o destino quis que ele tivesse de transportar veneno no carro.

Podia tudo ter corrido de uma certa maneira (não quero dizer bem, não vá o diabo tecê-las), não fossem as embalagens irem fechadas.

Mas ainda assim deu para lhe espetar uma valente dor de cabeça.

 

Gozo geral à minha chegada perto da hora de almoço, na tentativa de tentar perceber quem é que teria pago mais para se ver livre dele.

 

O mais ridículo foi ver que às 17 horas o cheiro, dentro do carro, ainda era muito intenso mas por razões que até a razão desconhece, os vidros continuavam fechados e o fulano lamentava-se por ter de ir de carro para casa.

Se ainda estivesse a chover e não houvessem telheiros no estacionamento, eu até percebia.

 

Vai na volta e aquilo ainda dá uma grande moca.

publicado por Fausto às 20:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Alguém que invente

Chegar a casa e ouvir um "tens de ir buscar pão", é coisa para me levar a pensar que se calhar está na altura de aparecer algum iluminado e inventar uma coisa que dê para telefonar para pessoas que não estão ao pé de telefones fixos.

Na volta, chamar-lhe telemóvel nem será má ideia.

publicado por Fausto às 20:31
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 29 de Março de 2010

Explode

Semanas e semanas de luta mas finalmente venci a batalha.

A guerra chegou agora a meio e podemos dizer que a vantagem ainda está do lado de lá.

Aquele amontoado de peças que se vê na imagem faz tudo parte do motor da minha laranja mecânica que um dia há-de assolar as estradas do nosso Portugal.

 

Neste momento considero-me um pequeno perito em desmontar motores.

É que aconteceu de tudo.

Bem, parafusos cortados foram só 4.

Só dois é que vão dar mais dores de cabeça.

Parece-me um preço pequeno a pagar quando conseguir fechar o ovo kinder.

 

Espero bem conseguir.

publicado por Fausto às 20:53
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Take I

Mal disposto e cheio de sono, levantou-se da cama suada.

Tinha passado a noite a correr.

Não porque queria mas porque a isso fora obrigado.

Era o realizador de um filme que, tal como a estreia do novo da Uma Thurman, só teve um espectador.

 

Quando se manda, ou se faz, ou fica tudo mal feito.

publicado por Fausto às 12:53
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Março de 2010

Dá-me luz

Descobri que o layout do dashboard dos blogs da Sapo mudou e com isso mudou a possibilidade de eu postar seja o que for através do telemóvel.

Já estive mais longe de largar isto tudo e voltar ao blogger. Lá deixam, ao menos, deixam-me fazer tudo. Até mudar o template...

 

Entretanto, esta semana é mais uma dedicada à formação.

Seca, portanto.

 

E hoje foi muito bonito.

Eu cheio de sono e o formador lembra-se que baixar a intensidade luminosa é uma coisa simpática já que permite ver melhor o que está a ser projectado.

É verdade, sim senhor.

Vê-se melhor e dá vitórias a quem marca muitos golos de cabeça.

 

Acho que ganhei "quinje a jero"!

publicado por Fausto às 20:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 20 de Março de 2010

O anormal de Telheiras

 40 mulheres depois lá apanharam um gajo que fez de tudo para dar nas vistas.

O homem, cuja namorada nunca lhe deve ter feito um "bico", obrigava as mulheres que violava, a fazerem-lhe um fellatio.

Ora, isto é um acto de coragem daqueles que nem os gajos que saltam sem pára-quedas se atrevem a cometer.

O homem vai meter a pila numa boca cheia de dentes de uma mulher que não quer ter a pila lá dentro?

 

Custa-me a acreditar que as senhoras tenham sido todas violadas sem permissão.

Ou isso ou estão habituadas... a não trincar!!!

Mentes perversas as vossas.

 

Bom fim-de-semana.

publicado por Fausto às 09:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Março de 2010

O meu reino por uma máquina de lavar loiça

Há diversas tarefas domésticas que não tenho particular gosto em fazer mas que, para além de me desenrascar bem, até nem me importo de - muito de vez em quando - fazer.

Não arrumar o quarto e tudo o que implica movimentar coisas de um lado para o outro é uma arte que faz parte de todo e qualquer jovem que se preze. Eu, como bom exemplo que sou, não faço essas coisas. Pelo menos, não tanto quanto devia.

Mas vocês já se devem ter perguntado, se este gajo está para aqui a falar de arrumar o quarto porque raio é que meteu uma máquina da loiça no inicio do post?

Aí é que está o busílis da questão.

A máquina simboliza a minha paixão por loiça suja.

É uma paixão tão grande como a dos judeus por camaras de gás.

Aliás, se me dessem à escolha, eu teria fortes dificuldades em escolher entre uma e outra.

Detesto lavar a loiça. Mas é que detesto assim como quem gosta de ter o corpinho todo a arder.

Já para não falar que o detergente da loiça deixa a pele das mãos tão macia como lixa para madeira.

 

Alguém tem por aí uma embalagem de creme?

publicado por Fausto às 15:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Março de 2010

Dez segundos à Benfica

 Podia muito bem vir aqui falar do jogo de logo. Mas, para quê fazer correr mais letras se os jornais desportivos se encarregam disso?

Basicamente, porque posso.

Mas não é do Benfica que venho falar. E muito menos do Sporting.

 

Hoje, podia ser milionário, não fosse ter-me enganado na aposta que fiz na bwin.

Vá, se calhar milionário é abusar um bocadinho já que o que ganhava se não me tivesse enganado rondava os 25euros.

Fiado nas capacidades do Barcelona de ganhar jogos e marcar golos lá decidi que o jogo de ontem era uma boa oportunidade para ganhar uns trocos apostando o minimo dos minimos e não correndo grandes riscos.

Logo cedo vi que para ganhar fosse o que fosse não ia ser fácil tendo eu apostado no resultado ao intervalo como se tratasse do final do jogo.

4-0 foi o resultado escolhido...

Isto para o final do jogo até nem era de todo mal pensado (até porque foi o que aconteceu). O problema surge quando reparo que não tinha lido as letras pequenas e a aposta que tinha acabado de efectuar era para o resultado ao INTERVALO!!

Como cancelar não é uma opção, lá tive de fazer uma nova aposta, desta feita num resultado mais contido. 2-0.

Esse resultado verificou-se e rendeu-me uns 3€. Valor suficiente para cobrir as apostas que tinha feito e ainda ganhar qualquer coisa. Quase nada, mas o importante depois da asneira, era não perder.

 

Desta feita, só me resta recomendar uma coisa:

 

Leiam sempre as letrinhas pequeninas.

publicado por Fausto às 09:58
link do post | comentar | favorito
|

¿quem?

¿pesquisar

 

¿Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

¿fresquinhos

¿ Sigam as placas com o hom...

¿ Ronca prái, Sapo, que eu ...

¿ Queriam matá-lo mas ele n...

¿ Alguém que invente

¿ Explode

¿ Take I

¿ Dá-me luz

¿ O anormal de Telheiras

¿ O meu reino por uma máqui...

¿ Dez segundos à Benfica

¿arquivo

¿ Abril 2010

¿ Março 2010

¿ Fevereiro 2010

¿ Janeiro 2010

¿ Dezembro 2009

¿ Novembro 2009

¿ Outubro 2009

¿ Setembro 2009

¿links

¿subscrever feeds