Sábado, 5 de Dezembro de 2009

Animação gasolineira

 

Por gasolina é, normalmente, uma tarefa com tanto de chato (por se ter de pagar) como de monotono (por termos de esperar que os hamsters façam a gasolina chegar ao nosso deposito). Era bom que, durante o tempo que temos de esperar que o veiculo esteja satisfeito, houvesse animação de rua.

Não falo dos palhaços em cima de andas e a cuspir fogo que se vêem por aí, já que isso era no minimo estúpido dado o elevado preço da gasolina. Falo sim dos fenómenos que circulam por aí por não terem quarto reservado no edificio cor de rosa mais conhecido de Lisboa.

Os maluquinhos, lá está.

Esses seres que nos providenciam risadas atrás de risadas sem terem de suar muito por isso.

 

Com uma cena tão simples como:

Quero uma bebida

Não dou

Não és português

(não é não, é ucraniano)

Sou pois

Quero uma bebida

Levas mas é porrada

Quero uma bebida ou faço desacatos

Não dou

Chama lá a policia senão eu faço desacatos

Levas mas é porrada

Quero uma bebida

 

(conversa, mais ou menos veridica, entre funcionario de uma bomba e um maluco já bebedo)

 

Deu para rir?

Deu.

publicado por Fausto às 15:24
link do post | comentar | favorito
|

¿quem?

¿pesquisar

 

¿Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

¿fresquinhos

¿ Sigam as placas com o hom...

¿ Ronca prái, Sapo, que eu ...

¿ Queriam matá-lo mas ele n...

¿ Alguém que invente

¿ Explode

¿ Take I

¿ Dá-me luz

¿ O anormal de Telheiras

¿ O meu reino por uma máqui...

¿ Dez segundos à Benfica

¿arquivo

¿ Abril 2010

¿ Março 2010

¿ Fevereiro 2010

¿ Janeiro 2010

¿ Dezembro 2009

¿ Novembro 2009

¿ Outubro 2009

¿ Setembro 2009

¿links

¿subscrever feeds