Terça-feira, 22 de Dezembro de 2009

Revistas cor de rosa

 

Hoje foi dia de experimentar coisas novas. Vai daí resolvi experimentar a pegar numa revista cor de rosa. Não aconteceu nada de que já não estivesse à espera. Consegui passar pelas milhentas folhas da revista em menos de um minuto e chegar à conclusão de que aquilo bem espremidinho não dava para fazer uma gota de informação útil.

Custa-me a compreender como é que há tanta gente interessada em não saber nada. Ainda pensei que aparecesse alguém famoso na revista, mas as partes das supostas "entrevistas/reportagens" são feitas a pessoas que ninguém conhece que por acaso ajudaram a pagar o salário aos supostos "jornalistas" que trabalham na revista.

 

A única informação útil que consegui retirar do meio daquelas folhas foi que há um molde para quem faz operações plásticas à cara. Se assim não fosse, a Elsa Raposo nunca poderia estar igual à Betty Gravenstein. Parecem gémeas, porra.

publicado por Fausto às 15:05
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Teté a 23 de Dezembro de 2009 às 00:25
Ora que grande conclusão! A do suminho das revistas... porque quanto à Elsa, há muito que não lhe vejo as ventas, mas acho difícil estar parecida à outra! Quer dizer, não no que toca às faces paralisadas pelo botox, que aí realmente são todas iguais: inexpressivas! ;)

Beijocas e Feliz Natal! :D

Comentar post

¿quem?

¿pesquisar

 

¿Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

¿fresquinhos

¿ Sigam as placas com o hom...

¿ Ronca prái, Sapo, que eu ...

¿ Queriam matá-lo mas ele n...

¿ Alguém que invente

¿ Explode

¿ Take I

¿ Dá-me luz

¿ O anormal de Telheiras

¿ O meu reino por uma máqui...

¿ Dez segundos à Benfica

¿arquivo

¿ Abril 2010

¿ Março 2010

¿ Fevereiro 2010

¿ Janeiro 2010

¿ Dezembro 2009

¿ Novembro 2009

¿ Outubro 2009

¿ Setembro 2009

¿links

¿subscrever feeds