Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2010

Virgulação

 

Tenho um problema com virgulas. Meto-as em tudo o que é frase mais ou menos comprida. São como que apeadeiros da minha linha privada e muitas das vezes funcionam, tal como os da CP, como meros atrasos na viagem.

Há alturas em que utilizar uma virgula faz todo o sentido, não é o meu caso na maior parte das vezes. Não é que escreva mal. Isso já aconteceu, na altura em que eu detestava as aulas de português. Agora, faço-o por gosto e com vontade. Só as virgulas é que me deixam ficar mal. As virgulas e as interrupções que me cortam o raciocinio e me deixam à deriva no meio de tanta letra junta.

Raios partam o chefe.

 

Queremos Salazar morto não faz falta ao país.

Ponham as virgulas onde quiserem e divirtam-se.

publicado por Fausto às 10:47
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De rapariga a 6 de Janeiro de 2010 às 11:41
Ah pois! Cm eu te compreendo... Qd andava na escola e tinha trabalhos pa fazer e cm nao queria pôr um texto igual ao sitio de onde o tinha tirado, dava um trabalhao enorme por a pontuaçao, nomeadamente as virgulas, no lugar certo!

Vim aqui prestar a minha solidariedade perante o problema das virgulas!

Fica bem
De geek in the pink a 6 de Janeiro de 2010 às 12:01
Eu tenho o problema contrário, não ponho vírgulas em lado nenhum independentemente do tamanho da frase! E depois tenho de voltar para trás, a tentar perceber onde ficam bem. Já os professores na escola embirravam com isso (e eu era boa a português), mas continua a ser uma tarefa difícil! ;)***
De Fausto a 7 de Janeiro de 2010 às 15:11
Não fomos talhados para ser escritores brilhantes. O que importa é que o resto do mundo nos perceba.
Até agora acho que tenho conseguido :)
Deixa lá os profs, que esses já não chateiam ninguém
De Teté a 6 de Janeiro de 2010 às 12:52
Quem nunca falhou uma vírgula, que atire a primeira pedra! :D

Recuso-me a pôr vírgulas num ponto final!!! O homem já morreu em 1970, cá por mim não deixou saudades...
De Fausto a 7 de Janeiro de 2010 às 15:13
Saudades não deixou de certeza. Quanto à frase... o meu pai disse-me quando eu era pequeno já não me lembro bem porquê mas sei que nunca mais esqueci a história que ele contou...

Comentar post

¿quem?

¿pesquisar

 

¿Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

¿fresquinhos

¿ Sigam as placas com o hom...

¿ Ronca prái, Sapo, que eu ...

¿ Queriam matá-lo mas ele n...

¿ Alguém que invente

¿ Explode

¿ Take I

¿ Dá-me luz

¿ O anormal de Telheiras

¿ O meu reino por uma máqui...

¿ Dez segundos à Benfica

¿arquivo

¿ Abril 2010

¿ Março 2010

¿ Fevereiro 2010

¿ Janeiro 2010

¿ Dezembro 2009

¿ Novembro 2009

¿ Outubro 2009

¿ Setembro 2009

¿links

¿subscrever feeds