Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2010

É para levar ou para comer já?

 

Às vezes, algumas conversas, com alguns clientes, fazem-me pensar se ainda estou a sonhar.

Pedirem-me um projecto é coisa natural e não tenho nenhum problema em acertar nos valores necessários ao bom funcionamento da instalação. Isto quando me dão um caso concreto, com dados e valores...

Agora, quando me dizem:

 

"Ah e tal, houve para aqui um Chico qualquer que fez umas contas porreiras e diz que são precisos 8 paineis da marca Lala. Veja-me aí quantos é que isto pode levar se for da vossa marca."

 

Bem, eu ver até vejo, mas preciso saber, pelo menos, qual o consumo de água que vai ser feito. 8 de uns não são 8 dos outros. Provavelmente, até vão ser precisos menos. Preciso é de valores sem ser a capacidade térmica dos painéis de determinada marca. Isso, pouco me interessa. É que atirar valores para o ar é coisa para o meu chefe, que acha que tem pontaria sem nunca ter acertado.

É que isto de querer ganhar dinheiro com o trabalho dos outros é "muita" giro mas nem sempre funciona.

publicado por Fausto às 12:04
link do post | comentar | favorito
|

¿quem?

¿pesquisar

 

¿Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

¿fresquinhos

¿ Sigam as placas com o hom...

¿ Ronca prái, Sapo, que eu ...

¿ Queriam matá-lo mas ele n...

¿ Alguém que invente

¿ Explode

¿ Take I

¿ Dá-me luz

¿ O anormal de Telheiras

¿ O meu reino por uma máqui...

¿ Dez segundos à Benfica

¿arquivo

¿ Abril 2010

¿ Março 2010

¿ Fevereiro 2010

¿ Janeiro 2010

¿ Dezembro 2009

¿ Novembro 2009

¿ Outubro 2009

¿ Setembro 2009

¿links

¿subscrever feeds